Prefeitura de Belo Horizonte distribui joaninhas para auxiliar no controle biológico de pragas

Prefeitura de Belo Horizonte distribui joaninhas para auxiliar no controle biológico de pragas

A prefeitura de Belo Horizonte (MG) adotou as joaninhas como aliadas no controle biológico de pragas, sem a necessidade de aplicar agrotóxicos. Desde julho deste ano, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente distribuiu larvas dos insetos para moradores e também em áreas públicas verdes da cidade.

Cada kit possui 10 larvas de joaninhas, oriundas da Biofábrica de Joaninhas e Crisopídeos, instalada no Parque Municipal das Mangabeiras. Também são distribuídas sementes de plantas atrativas a elas. As larvas, ao invés do inseto já adulto, se alimentam mais e ajudam no combate natural de organismos indesejáveis como cochonilhas, pulgões e ácaros. Ler mais

Aqualuz: projeto brasileiro para filtrar água utilizando luz solar é premiado pela ONU

aqualuz

Desenvolvido pela baiana Anna Luisa Beserra, o projeto Aqualuz, que filtra água utilizando a luz solar, foi premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU), por meio do programa Jovens Campeões da terra. A ideia surgiu quando Anna cursava o Ensino Médio e resolveu se inscrever para o Prêmio Jovem Cientista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) que, naquele ano, tinha como tema a água.

Concreto sustentável é opção para reaproveitar materiais e diminuir consumo de cimento e areia

concreto sustentável

Alternativas em sustentabilidade são objeto de busca pelas mais variadas áreas, dentre elas a construção civil. Visando reduzir a quantidade necessária de cimento e areia, pesquisadores do Instituto de Arquitetura e Urbanismo em parceria com a Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo (USP) vêm trabalhando em projetos de concreto sustentável.