Como manter a sua imunidade em dia?

imunidade em dia

A pandemia gerada pelo Coronavírus levantou no mundo inteiro uma busca por informações sobre imunidade. Aqui no Brasil, a preocupação aumenta também pelo fato de estarmos chegando mais próximo do inverno, nas regiões mais ao sul.

imunidade em dia

O sistema para imunidade é formado por células de defesa e reações químicas, e tem como objetivo lutar contra agressores externos e proteger o corpo de infecções. Para mantê-lo em dia, alguns alimentos e hábitos podem ajudar. Confira!

💚 Cardápio para imunidade

Confira a seguir alguns alimentos que você pode incluir no seu dia a dia para garantir melhora para sua imunidade.

Frutas cítricas

Por conterem alto teor de vitamina C, as frutas cítricas são ótimas aliadas antioxidantes das células, deixando-as menos vulneráveis. Dentre essas frutas, podemos citar a laranja, o limão, a acerola, o kiwi etc.

Mas, para ter benefício com essas frutas é importante consumi-las regularmente, ou seja, não adianta comer em demasia em determinados períodos e nada em outros. Por isso, incremente sua alimentação diária com alguma fruta dessa turma, para garantir melhora na sua imunidade.

Mel

Além de muito delicioso, o mel ajuda na prevenção de infecções de vias aéreas superiores. Trata-se de uma excelente fonte de vitaminas, minerais e flavonoides (substâncias antioxidantes).

Saladas verdes

Couve, chicória, espinafre e brócolis são exemplos de vegetais verdes que ajudam a melhorar a imunidade, pois contêm diversos minerais e vitaminas. Dentre eles, podemos citar o potássio, o ácido fólico, o magnésio e a vitamina K.

Além disso, por serem grandes concentradores de fibras, ajudam no funcionamento do intestino e na manutenção da flora intestinal.

Iogurte natural

O iogurte natural, feito de leite e fermento lácteo, é fonte de micro-organismos que contribuem para a manutenção da flora intestinal, o que auxilia o sistema imunológico na luta contra infecções e bactérias. Além disso é fonte de cálcio e vitamina D, que ativam células benéficas no combate a invasores do organismo.

Água

Manter o corpo hidratado é fundamental para seu sistema imunológico estar em dia. Isso porque o organismo humano é formado na sua maioria por água.

A quantidade diária de água para cada pessoa pode variar, de acordo com o seu organismo e seus hábitos, mas é sempre importante não passar sede. A água é essencial para que todas as reações bioquímicas das células ocorram perfeitamente, principalmente quando estamos doentes.

💚 Hábitos no seu dia a dia

Nem só de alimentação é composto o segredo por uma boa imunidade. Também é preciso ficar atento a alguns hábitos e rotinas no dia a dia. Confira!

Durma bem

Dormir poucas horas aumenta a carga de estresse do organismo e isso não é bom para a imunidade. Quando o estresse se estende, ele aumenta os níveis de citocinas, moléculas mediadoras de inflamação, causando problemas nas células de defesa do corpo.

Em geral, as pessoas adultas precisam de sete a oito horas por noite de sono. Porém, esse intervalo pode variar, conforme cada pessoa. Fique atento ou atenta à sua necessidade.

Não fume

O cigarro libera substâncias inflamatórias que exigem demanda do sistema imune, o que pode comprometer seu trabalho na hora de combater vírus ou bactérias. Além disso, o tabaco altera a função mucociliar, que é composto por muco e cílios, responsáveis por filtrar germes e sujeiras na respiração.

Exercício físico na medida certa

O sedentarismo é um grande fator para baixa da imunidade, e os benefícios do exercício físico regular são mundialmente consolidados. É importante manter uma rotina saudável de atividades, de acordo com os limites do seu corpo.

Exercitar-se demais, sem fazer paradas técnicas, também não é bom, pois isso causa fadiga do corpo e deixa ele vulnerável. Faça exercícios dentro dos seus limites e alimente-se corretamente entre os intervalos. Não esqueça de se hidratar também.

Evite alimentação gordurosa em demasia

Procure evitar o consumo exagerado de alimentos muitos ricos em gorduras, sais, açúcares e aditivos químicos. Eles podem afetar o seu organismo e, consequentemente, sua imunidade. Diminua a frequência que se alimenta de fast foods, lanches, batata-frita, salgadinhos.

Mantenha higiene

Parece bobeira, mas nem sempre nos damos conta da importância da higiene. Lavar as mãos frequentemente e tomar banho regularmente são hábitos que contribuem para a própria saúde e das outras pessoas. Também é importante manter seus locais de trabalho, sua casa, automóvel sempre em condições higiênicas adequadas.

Alimentos para o verão: quais são os mais indicados para a temporada?

alimentos para o verão

Não são apenas as roupas que devem ser mais leves durante a estação mais quente do ano, mas a alimentação também. E você sabe quais são os mais indicados, quando o assunto são alimentos para o verão? Confira algumas dicas:

alimentos para o verão

Melancia

Por ser preponderantemente composta de água, a melancia é uma ótima aliada no combate à desidratação, algo comum durante a temporada. A fruta também possui licopeno, que ajuda a proteger a pele dos raios ultravioletas. Melão também vale.

Grãos integrais

A concentração de fibras é o que faz de grãos integrais ótimos alimentos para o verão, porque elas auxiliam na boa digestão e funcionamento da flora intestinal. Dentre os mais indicados estão chia, germe de trigo, linhaça e gergelim. A quinoa é indicada para reposição de potássio, que ajuda no combate á fadiga muscular.

Alface

Coloque alface no seu prato durante o verão, visto que, além de ser leve, ajuda a reduzir a retenção de líquidos no corpo que causam inchaço. A salada é rica em clorofila e flavonoides.

Abacaxi e outras frutas cítricas

A presença de vitamina C é o que faz do abacaxi, da laranja, do limão, do kiwi e de outras frutas cítricas excelentes opções para todas as temporadas do ano, principalmente no verão. Além de refrescarem e hidratarem o corpo, elas ajudam na recomposição da pele, que é exposta às altas temperaturas, vento e raios solares incidentes. Mas, atenção: cuidado ao manusear frutas cítricas no sol, pois podem causar manchas e até queimaduras.

Cenoura

Ela é rica em betacaroteno, um poderoso agente antioxidante que estimula a melanina. Por isso, a cenoura é indicada como alimentos para o verão, como forma de tornar o bronze mais duradouro e natural. A melanina ajuda a prevenir o envelhecimento precoce das células, impedindo o desenvolvimento de rugas e marcas de expressão.

Couve ou repolho

No verão, é comum que muitas pessoas consumam bebidas alcoólicas, às vezes, além da conta suportada pelo organismo. Para diminuir o impacto desses exageros, o consumo de couve ou repolho ajudam a limpar o intestino e recompor a flora intestinal.

Água

Já bebeu sua cota de água hoje? Mesmo seguindo dietas leves, com os mais indicados alimentos para o verão, a água não pode ser esquecida. As altas temperaturas da estação fazem com que o corpo perca fluidos e nutrientes, causando desidratação e fadiga. Não há uma meta específica de quantidade de água a ser bebida por dia, a orientação é criar uma rotina, onde a água esteja sempre presente.

Outras dicas de alimentos para o verão:

  • Frutos do mar
  • Arroz
  • Carnes de peixe ou frango
  • Ovos cozidos
  • Aveia
  • Água de coco
  • Mamão
  • Pão integral
  • Sorvetes de fruta
  • Iogurte
  • Cereais

Dez terapias e técnicas que ajudam no combate ao mal-estar e ao estresse

Dez terapias e técnicas que ajudam no combate ao mal-estar e ao estresse

A vida agitada dos últimos tempos, a pressão do mercado profissional, os hábitos pouco saudáveis podem causar dores, mal-estar, estresse, depressão e outros problemas. Que tal conhecer dez terapias, atividades e técnicas para aliviar esses males?

1 – Aromaterapia

aromaterapia

É um ramo da fitoterapia que utiliza óleos de plantas no tratamento de desiquilíbrios emocionais. A técnica se baseia no efeito psicológico que os aromas produzem, auxiliando no combate ao estresse, tratamento de dores, entre outros.

2 – Musicoterapia

musicoterapia

A música possui propriedades terapêuticas, além de entretenimento. A técnica da musicoterapia utiliza essas propriedades em benefício das pessoas, ajudando na comunicação e na melhora de relacionamento. Ainda, a música ajuda no alívio de sintomas causados por doenças e melhora a autoestima.

3 – Acupuntura

acupuntura

É uma técnica oriental chinesa milenar que estimula pontos espalhados pelo corpo. É bastante indicada para combater quadros de ansiedade, depressão, enxaqueca, estresse, cólicas, fibromialgia, entre outros.

4 – Quiropraxia

quiropraxia

A técnica identifica possíveis problemas na coluna vertebral e, por meio de massagens certeiras, procura corrigir desvios e melhorar o trânsito dos estímulos nervosos pelo corpo. A quiropraxia é indicada para diminuição de dores e tensões, contraturas musculares, correção de posturas, estímulo de relaxamento.

5 – Reiki

reiki

O método Reiki canaliza a energia, por meio da imposição das mãos. O termo japonês significa energia vital universal. Ao aplicar a técnica o reikiano faz uma mentalização de símbolos e mantras, que libera energia, passando pela cabeça, pelo chacra do coração e sai pelas mãos entrando na pessoa em tratamento, justamente no ponto que ela mais precisa.

6 – Geoterapia

geoterapia

Essa técnica consiste na aplicação de argila, capaz de absorver umidade acumulada no corpo, principalmente no abdômen, nas pernas e nas articulações. É baseada na ideia da medicina chinês que sentimentos como medo, tristeza, ansiedade e certos alimentos levam a um acúmulo de umidade em determinadas regiões do corpo, desequilibrando a energia vital e comprometendo a saúde.

7 – Watsu

Já ouviu falar em Watsu? É uma terapia que faz trabalho corporal dentro da água. Além da técnica de aplicação de pressão em pontos vitais, conta com benefícios terapêuticos da água quente.

8 – Ioga

ioga yoga

Prática de meditação razoavelmente conhecida, associa bem-estar mental a condicionamento físico. A técnica de ioga ou yoga resulta em benefícios como reajuste postural e melhora a qualidade do sono, combate a insônia, ameniza problemas circulatórios e de memória, alivia o estresse e a ansiedade, ajuda no controle das ações mentais e físicas.

9 – Shiatsu

shiatsu

Método terapêutico milenar que visa restabelecer a saúde por meio do toque. Consiste em pressionar com as mãos e os dedos, os pontos vitais do corpo, chamados de meridianos. A técnica é benéfica para diversas ocasiões desde controle da tensão pré-menstrual, dificuldades de evacuação até prevenção de fortes gripes.

10 – Litoterapia

litoerapia

A técnica da Litoterapia é o tratamento por meio das pedras. É milenar, utilizada desde a época dos babilônios, egípcios e gregos. Ela visa tratar utilizando cristais como ametista, quartzo, olho de tigre, rubi, turquesa, entre outros. Considera que esses cristais emitem uma vibração singular capaz de melhorar o bem-estar da pessoa em contato. As pedras são colocadas sobre os chakras comprometidos, fazendo com que recuperem a vibração e a frequência energética correta.

E aí? conhece alguma outra técnica que não está listada? Tem alguma atividade que você pratica para combater mal-estar, estresse e outros problemas? Compartilhe conosco!