Samae recebe canos e lança obras do Marrecas

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) de Caxias do Sul, recebeu, nesta segunda-feira, 15, os primeiros canos de ferro que serão utilizados na implantação das adutoras do Sistema Marrecas. Os canos, vindos do Rio de Janeiro, foram recebidos pelo prefeito José Ivo Sartori e o diretor-geral do SAMAE, engenheiro Marcus Vinicius Caberlon, na Praça Dante Alighieri. O evento marcou o lançamento das obras do Sistema Marrecas e teve a participação de autoridades, lideranças e comunidade em geral.

Caberlon reiterou que o Sistema Marrecas é uma obra que vai garantir a água para o futuro de Caxias do Sul. Ele explicou que, mais de mil viagens de caminhões, carregados de canos de ferro, serão realizadas entre o Rio de Janeiro e Vila Seca, para instalação dos aproximadamente 29 quilômetros de adutoras que ligarão o distrito, onde será construída a barragem, até a cidade de Caxias do Sul.

Sartori salientou a importância da construção de um novo sistema de abastecimento “O Marrecas representa a água que Caxias do Sul terá no futuro, pois garantirá o abastecimento de mais de 250 mil pessoas. Tudo está sendo muito bem planejado”, argumentou.

Para a compra dos canos, prefeitura e SAMAE deverão investir cerca de R$ 44 milhões. Ao todo, a obra do Marrecas está orçada em R$ 130 milhões. Desse total, R$ 104 milhões são de empréstimo que o município fez junto ao Governo Federal, com recursos do PAC, via BNDES. Os outros R$ 26 milhões serão recursos próprios que a Prefeitura, através do SAMAE, irá colocar na obra.

Com informações da assessoria do SAMAE/Foto: Luiz Chaves/Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.