Abelhas: 14 curiosidades sobre esses insetos incríveis

As abelhas são animais extremamente importantes para a biodiversidade, por seu papel de polinizadoras de culturas agrícolas e plantas silvestres. Estima-se que mais de 75% das culturas alimentares do mundo dependem da polinização por insetos e outros animais.

curiosidades sobre abelhas

Confira abaixo algumas curiosidades sobre as abelhas

  1. Uma abelha produz cinco gramas de mel por ano. Para produzir um quilo de mel, as abelhas precisam visitar cinco milhões de flores.
  2. Se duas rainhas nascerem ao mesmo tempo na mesma colmeia, elas lutam até que uma morra.
  3. Uma colmeia abriga cerca de 50 mil abelhas, dentre elas, apenas uma rainha, alguns zangões e milhares de operárias.
  4. Uma abelha faz, em média, 40 voos diários. As campeiras visitam até dez flores por minuto em busca de pólen e néctar.
  5. Com a língua, a abelha recolhe o néctar das flores e guarda numa bolsa localizada no fundo da garganta. Ao voltar para a colmeia, o néctar vai passando de abelha para abelha, a água evapora e ele acaba se transformando em mel.
  6. A abelha rainha vive até dois anos, já as operárias vivem bem menos, cerca de 45 dias.
  7. As abelhas rainhas põem cerca de três mil ovos em um dia. São capazes de carregar até 300 vezes o seu próprio peso.
  8. Apenas as abelhas fêmeas trabalham. Os machos, os zangões, têm como missão fecundar a rainha. Depois disso, não são mais aceitos na colmeia.
  9. Uma abelha voa a uma velocidade de 25 km/h.
  10. Apenas as fêmeas possuem ferrões. Para provocar a morte de um humano não-alérgico, seriam necessárias cerca de 1,1 mil picadas.
  11. Um cérebro de abelha possui apenas 950 mil neurônios, cem mil vezes menos que o cérebro humano.
  12. Apesar do cérebro minúsculo, abelhas são capazes de realizar cálculos complexos em tempo recorde, principalmente quanto a distância e localização.
  13. Para calcular as rotas e solucionar trajetórias, as abelhas possuem um mecanismo sensorial que funciona como um GPS.
  14. Abelhas são os únicos insetos que produzem alimentos consumidos pelos humanos. 💚

Desaparecimento das operárias

A população de abelhas está passando por um fenômeno que causa desordem nas colônias, onde abelhas operárias estão desaparecendo repentinamente. Não há confirmação da causa desse problema, mas suspeitas versam sobre uso inadequado de pesticidas, progresso indiscriminado das cidades, práticas agrícolas agressivas e redução de áreas florestais adequadas.

O que fazer para ajudar?

As principais aliadas no combate ao desaparecimento de abelhas são políticas públicas que incentivem o uso adequado de pesticidas, promovam a variedade de culturas e atuem minimizando os impactos das possíveis causas do problema. No entanto, em casa, todos podem colaborar.

A BBC listou algumas dicas, confira:

  • Plante flores diferentes em vasos ou no jardim para oferecer uma dieta rica e variada às abelhas. Caso floresçam em diferentes épocas do ano, melhor ainda
  • Não use produtos químicos ou inseticidas, pois podem ser nocivos para as abelhas. Isso é particularmente prejudicial quando as plantas estão floridas, uma vez que os químicos entram em contato com o néctar e o pólen, e as abelhas podem levá-los para as colmeias.
  • Deixe flores silvestres e ervas daninhas no jardim: são bons alimentos para as abelhas.
  • Construa um “hotel para abelhas”: você pode comprar ou criar uma estrutura de madeira com furos, que servirá como ninho para abelhas solitárias – que são a grande maioria.
  • Torne-se um apicultor: não há necessidade de morar no campo para criar abelhas. A apicultura urbana é praticada em muitas cidades. Busque uma associação local, aprenda o necessário e transforme a apicultura em um hobby.
  • Perca o medo: as abelhas não visam atacar você, porque se ela provavelmente morrerá ao te picar. Elas só fazem isso quando se sentem ameaçadas. Se uma abelha pousar em você, mantenha a calma e espere ela sair. Não fique perto da entrada de uma colmeia ou no caminho entre as flores e a colmeia. E aprenda a diferenciá-las das vespas, que podem, sim, picar sem motivo aparente.
  • Deixe um prato de água no jardim ou no quintal: você pode não saber, mas as abelhas também sentem sede.

Fontes: Sem Abelha Sem Alimento e BBC.


Anuncie aqui!

Seja parceiro do projeto Natureza Viva e colabore com as boas notícias do meio ambiente. Entre em contato conosco para saber como ter sua marca divulgada aqui!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *