O que fazer com cápsulas de café usadas? Saiba aqui!

As cápsulas de café expresso mudaram a forma de consumir essa bebida tão famosa no Brasil e no mundo. Em poucos minutos, e muito praticidade, qualquer pessoa pode ter a sua disposição um cafezinho delicioso.

Porém, o que fazer com cápsulas de café usadas? Você joga no lixo? Você recicla? Devolve? Confira aqui mais informações.

Aumento do consumo nos últimos anos

A história do café em cápsulas começou em 1986, com o lançamento da Nespresso, pela multinacional suíça Nestlé. A ideia nasceu quando Eric Favre, um engenheiro da Nestlé, visitou um bar italiano popular em 1975 e observou que os baristas puxavam continuamente as alavancas de suas máquinas de café para aumentar a pressão.

Inicialmente, a empresa lançou suas máquinas como máquinas de café para prédios corporativos. Mas depois, direcionou para consumidores domésticos.

À medida que a Nespresso se tornou mais bem-sucedida na década de 1990, começaram a surgir concorrentes. Em 1990, a Green Mountain Coffee fundou a Keurig, uma marca americana de cápsulas de dose única. Hoje, existem cerca de 400 marcas de cápsulas concorrentes no mercado.

Sustentabilidade não é um tópico novo de discussão para o mercado de cápsulas. Só em 2018, cerca de 56 bilhões de cápsulas foram para aterros, com menos de 5% de todas as cápsulas sendo recicladas. Em 2016, o governo local em Hamburgo, Alemanha, proibiu o uso de cápsulas em todas as organizações e escritórios públicos.

A pressão é grande para que as empresas de cápsulas se tornem mais proativas na redução de seu impacto ambiental.

Chegadas ao Brasil em meados dos anos 2000, as cápsulas de café se popularizaram principalmente na última década. Grande parte delas é fabricada com um produto resultante de uma mistura entre plástico e alumínio. Outra parte, apenas de alumínio.

Cápsulas de plástico e cápsulas de alumínio

Existem dois tipos de cápsulas de café: as fabricadas em plástico e as fabricadas em alumínio. Por conta da sua maior facilidade de reciclagem, as de alumínio são mais procuradas por quem se preocupa com a questão ambiental.

As cápsulas de plástico, embora também possam ser recicladas, se lançadas no lixo seletivo, por seu tamanho reduzido, não possuem valor comercialmente interessante.

O que fazer com cápsulas de café usadas

Primeiramente, é importante separar o material orgânico (café) do material inorgânico (plástico ou alumínio). Ou seja, limpe as cápsulas antes de dar qualquer destino a elas.

O melhor destino para as cápsulas de café usadas é a logística reversa, portanto, elas deveriam voltar para a empresa que as produziram. Mas, o que dizem ou fazem os fabricantes? Vamos conferir algumas das principais.

A Nespresso possui um sistema próprio de reciclagem. Para colaborar é só levar as cápsulas aos pontos de coleta. Esses pontos de coleta podem ser consultados no site da empresa. Alguns bairros de São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, também podem devolver as cápsulas usadas ao receber novas em casa por meio de pedido online com Entrega no Mesmo Dia.

A Dolce Gusto informa em seu site o seguinte: todos os componentes das cápsulas são recicláveis, para reciclar basta abrir a cápsula e separar o plástico, o alumínio e o orgânico. A empresa disponibiliza alguns pontos de coleta em grandes redes supermercadistas, mas não está claro no site quais são esses pontos, embora haja uma página sobre Sustentabilidade.

Cápsulas de café da Pilão, L’Or e Illy podem ser encaminhados para o programa de reciclagem, uma parceria entre a JDE e a TerraCycle. As informações sobre como participar do programa estão no site.

Como acontece a reciclagem das cápsulas?

O processo de reciclagem das cápsulas, no caso da Nespresso, é todo mecânico e não usa água, segundo reportagem do site Ecycle. As cápsulas são trituradas em um moinho de facas e o material segue para uma peneira com trepidação mecânica, em que a borra de café é separada do alumínio. O café então segue para compostagem e o alumínio para a reciclagem.

De acordo com reportagem do Uol, o percentual reciclado no país vem crescendo de forma consistente: era 8,6% em 2016, 13,3% em 2017, 17% em 2018 e 23% em 2019, e a expectativa da Nespresso é continuar aumentando nos próximos anos.

Em resumo, a melhor opção é procurar as empresas fabricantes para fazer a devolução das cápsulas de café usadas, visto que, se descartadas no lixo, mesmo que na coleta seletiva e de maneira correta, tendem a não ser recicladas.

Fontes: Uol, Perfect Daily, TerraCycle, Ecycle

2 opiniões sobre “O que fazer com cápsulas de café usadas? Saiba aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.