Afinal de contas, é preciso lavar o lixo reciclável antes de descartá-lo?

Quando se trata de assuntos relacionados a meio ambiente, surgem muitas dúvidas da população. Uma delas é sobre a necessidade de lavar o lixo reciclável antes de descartá-lo para a coleta.

lavar o lixo

Decidido em tentar responder a essa pergunta, nosso projeto foi em busca de respostas e seus argumentos. O caso é que: não há a necessidade de lavar, mas é imprescindível retirar o excesso de resíduo orgânico.

Por que é desnecessário

Uma pequena pesquisa na internet e são encontrados diversos resultados afirmando que não é necessário lavar o lixo reciclável antes de encaminhá-lo para a coleta. A principal explicação é que esses itens (sejam eles de vidro, plástico ou metal) serão lavados quando chegarem ao processo de reciclagem. Veja o que diz o diretor-presidente da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, Carlos Silva Filho, em reportagem do G1.

– Em qualquer processo de reciclagem, o resíduo será submetido a um processo de higienização. Não há necessidade de uma lavagem aprofundada do material – explica Filho.

Dentre os principais argumentos encontrados para que o lixo reciclável não seja lavado estão, além da lavagem no processo de reciclagem, o desperdício de água e a geração de mais esgoto. Em muitas cidades, não há sistemas de esgotamento sanitário do tipo separador.

Desse modo, a melhor maneira de contribuir para o meio ambiente não é lavar o lixo reciclável, mas mantê-lo dentro de casa até o horário de coleta.

No entanto…

Apesar de não ser necessário lavar o lixo destinado para reciclagem, descartá-lo ainda com resíduos orgânicos pode acarretar problemas. O principal deles são os fortes odores e o mau-cheiro, além do perigo de se tornarem um vetor para doenças.

Outra questão é que material limpinho terá mais chances de ser coletado nas cooperativas, por onde passa muito lixo (muito lixo, mesmo!). Ainda, é importante salientar que as embalagens serão manuseadas por alguém, portanto, questão de respeito com o próximo, higiene e saúde pública.

Então, lavar o lixo ou não?

A orientação é sempre retirar o excesso de resíduo de qualquer material reciclável e descartá-lo no lixo orgânico. Em alguns casos, é possível dar uma passada de água, ao invés de lavar o lixo, caso a quantidade necessária de de água não seja muito grande.

Para gastar menos água na hora de lavar o lixo, basta ser econômico e deixar as embalagens de molho ou na pia enquanto lava outras louças. Outra maneira, por exemplo, é utilizar um pano para limpar resíduos, que depois será lavado apenas uma vez.

Na hora de descartar, potes e caixas de suco ou leite devem ser mantidos com a tampa fechada. Além disso, todos os materiais devem ser corretamente acondicionados e devidamente separados entre seletivos e orgânicos. Outra dica infalível: gerar menos resíduos.

Depois disso, que tal saber mais sobre o correto descarte do lixo? Acesse nosso conteúdo!


Anuncie aqui!

Seja parceiro do projeto Natureza Viva e colabore com as boas notícias do meio ambiente. Entre em contato conosco para saber como ter sua marca divulgada aqui!

    2 opiniões sobre “Afinal de contas, é preciso lavar o lixo reciclável antes de descartá-lo?

    • Pingback:O impacto da pandemia na geração de lixo plástico

    • 24 de agosto de 2021 em 09:55
      Permalink

      Pessoal, esta matéria está muito comprometida. Para envio do lixo reciclável pras cooperativas, o lixo precisa estar higienizado e limpo, sim. Apenas a indústria de reciclagem faz uma lavagem do material, mas o passo anterior de triagem pela cooperativa não existe este processo de higienização por diversos motivos! Lave SIM com água de reuso, aquela que escorre enquanto lava a louça, ou passe um papel para tirar a gordura, mas mande limpo para a coleta seletiva!! As cooperativas perdem lotes inteiros com embalagens contaminadas, e deixam de lucrar por conta disso.

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.